Devilman. O Filme

"Na Batalha entre o Bem e o Mal, de que lado você gostaria de estar? Por quê?"



Adaptado da obra de Go Nagai (o mesmo criador da série Mazinger Z), Devilman é considerado um clássico. Visualmente belo e com deslumbrantes anjos e aterrorizantes demônios, vivendo em um mundo apocalíptico, o filme narra a história de dois amigos. Devilman é um filme japonês cheio de efeitos especiais onde o herói é um demônio. Vamos logo para a história: Ryo e Akira são dois inseparáveis amigos (repare bem na relação deles!) que moram no Japão. Os pais de Akira morreram num acidente de trânsito, desde então ele mora com a simpática Miki. Todos estudam na mesma escola e as coisas começam a ficar estranhas quando Ryo conta para Akira um estranho plano de seu pai.
O pai de Ryo era um cientista que havia descoberto uma forte energia nas áreas polares. Uma energia tão forte que era capaz de derreter até nitrogênio. Porém, conforme foram avançando nas pesquisas, descobriram que tratava-se de uma forma de vida inteligente. E a situação fugiu do controle quando a tal energia mostrou-se forte o bastante para possuir os cientistas, transformando-os em demônios.Akira (Hisato Izaki) e Ryo (Yusuke Izaki) são dois adolescentes, amigos desde infância. Sociável, Akira tem vários colegas na escola e uma família feliz e tranqüila, enquanto Ryo prefere manter-se afastado de todos e isolado em seu mundo imaginário de demônios e monstros.Mas a vida de ambos sofrerá uma reviravolta quando o pai de Ryo, um cientista, descobre um portal para o Inferno e, acidentalmente, o deixa aberto. Com a passagem livre, Akira e Ryo, que visitavam o laboratório, são surpreendidos e possuídos por malignos espíritos que atravessaram o portal. Puro de coração, Akira não se torna um demônio por completo, ao contrário de Ryo, que revela seu verdadeiro caráter. Ao lado de outros espíritos, Ryo comanda as criaturas que passam a espalhar o terror em todos os cantos da Terra, transformando os humanos em demônios. Para detê-los Akira decide iniciar um feroz combate contra essas forças do mal e, relutantemente, contra o seu melhor amigo.
Resultado: Ryo se transformou em um demônio e, para piorar, Akira também. A diferença é que Akira se transformou em Devilman, um demônio com coração humano. Ele possui compaixão e usará seus poderes para combater as outras criaturas malignas que estão colocam a paz da Terra em perigo. Já Ryo...Devilman é uma história fantástica de super herói salvando a humanidade, assim como diversos outros filmes. Definitivamente não é um filme para crianças. Não apenas pela violência, mas também pela reflexão que só os mais maduros podem perceber.
Quando os demônios começam a matar pessoas, o mundo vira um caos. Cada vez mais pessoas se transformam em demônios e o exército cria um batalhão para exterminar as criaturas. O problema é que muitos demônios podem passar por humanos, então o número de enganos é absurdo. É nesse momento que o filme mostra sua mensagem. A raça humana, os inteligentes homens, são mais violentos e bárbaros que as outras criaturas. Mais selvagens. E vemos injustiças, preconceitos e cenas dramáticas e impactantes (incluindo uma cena plagiada de O pianista, de Roman Polanski). O filme tem um ritmo ligeiro e as cenas de ação mesclam computação gráfica (da Toei Animation) com cenas reais. E no final das contas fica difícil de saber o que é real ou não. Os efeitos especiais variam do bem feito ao trash (algumas cenas lembram jogos de luta, com sangue artificial voando em gotinhas) e o resultado é melhor do que você pode imaginar.