A Guerra do Fogo

A Guerra do Fogo

FICHA TÉCNICA:
Título Original: La Guere du Feu
Direção: Jean Jacques Annaud
Atores: Everett McGill, Rae Dawn Chong, Ron Perlman, Nameer El Kadi.
Origem: França / Canadá
Ano: 1981
Duração: 97 minutos

Um mergulho no tempo em busca da maior conquista da Humanidade: o domínio do fogo. Filmado nas paisagens da Escócia, Islândia, Canadá e Quênia, este belo trabalho do diretor Jean-Jacques Annaud, recria o mundo exatamente como era há 80.000 anos.O homem pré-histórico enfrentando tribos inimigas e feras dentro de um ambiente hostil, até o surgimento de seu primeiros sentimentos, A Guerra do Fogo é um filme inesquecível, aclamado no mundo inteiro como o mais fiel e emocionante registro dos primeiros passos da civilização.

Um dos temas que envolvem a discussão sobre a naturalidade da linguagem falada é o que versa sobre a sua origem. O filme A Guerra do Fogo, de Jean-Jacques Annaud, é uma interessante especulação a esse respeito, e ajuda a refletir sobre a questão.
O filme trata de dois grupos de hominídios pré-históricos: um que cultuava o fogo como algo sobrenatural e outro que dominava a tecnologia de fazer o fogo. Em termos de linguagem, o primeiro não está muito longe dos demais primatas, emitindo gritos e grunhidos quase na totalidade vocálicos. Esse tipo de comunicação assemelha-se ao que Rousseau considera, em seu Ensaio sobre a origem das línguas, como a primeira manifestação de linguagem no homem, que é a expressão de suas paixões, como a dor e o prazer. Já o segundo grupo parece ter uma comunicação mais complexa, com maior número de sons articulados. Há outros elementos culturais, como habitações e ritos, que denotam um maior grau de complexidade do segundo grupo com relação ao primeiro.