Os Carros





Lightning McQueen (dublado por OWEN WILSON), um carro de corrida estreante e ambicioso, percebe que, na vida, o que importa é o percurso, e não somente cruzar a linha de chegada, ao pegar um atalho inesperado que o leva à pacata cidade de Radiator Springs à beira da famosa Rota 66. Cruzando o país para competir contra dois veteranos profissionais na famosa Copa do Pistão, na Califórnia, McQueen acaba fazendo amizade com os estranhos residentes locais - a bela máquina Sally (uma Porsche 2002, dublada por BONNIE HUNT), Doc Hudson (um Hudson Hornet 1951 com um passado misterioso, dublado por PAUL NEWMAN), e Mater (um velho, porém confiável reboque dublado por LARRY THE CABLE GUY). Eles o ajudam a ver que há coisas mais importantes que troféus, fama e patrocínios.
O filme une o bem-sucedido "know-how" da Pixar à "filosofia" da Disney: está lá a grande lição de moral, que se sobrepõe à busca pelas risadas do público. Algo natural em uma parceria relativamente longa, que em maio resultou na união das companhias.
O filme teve uma estréia considerada boa nos Estados Unidos (arrecadou US$ 62,8 milhões no primeiro fim de semana), apesar de ter ficado abaixo de alguns de seus antecessores Pixar.
A idéia do longa veio com a admiração do diretor John Lasseter pela famosa Rota 66. Como no filme, Lasseter viu o que aconteceu com a estrada criada na década de 20 após a construção das rodovias interestaduais, na década de 80. Pouco freqüentada, a rota quase caiu no esquecimento --uma realidade em parte superada pela exploração turística.O roteiro, assinado pelo diretor em parceria com Joe Ranft (também co-diretor), conta a história de Relâmpago McQueen (Marcelo Garcia na versão dublada; Owen Wilson na original), um carro de corrida megalomaníaco. Prestes a participar da corrida mais importante da sua vida, ele se perde no centro-sul norte-americano (destaque para as paisagens virtuais) e vai parar na cidadezinha de Radiator Springs, que décadas atrás prosperava com o movimento da Rota 66.
Enquanto arranja uma forma de deixar o lugar, Relâmpago conhece a Porsche Sally (Bonnie Hunt/Priscila Fantin), promotora de Justiça, o Hudson Hornet 1951 Doc Hudson (Paul Newman/Daniel Filho), juiz e médico de passado misterioso, o hippie Fillmore (George Carlin/Cláudio Galvan), uma Kombi 1960, e o veterano de guerra Sargento (Paul Dooley/Luiz Carlos Persy), um Jeep Willy 1942. Mas os personagens de maior empatia são mesmo o carro-guincho Mate (Larry the Cable Guy/Mario Jorge), de jeitão caipira e raciocínio ingênuo, e o Fiat 500 1959 Luigi (Tony Shalhoub/Garcia Jr.), italiano dono da loja de pneus da cidade.
A dublagem, cada vez melhor por aqui, vem com direito a boas adaptações brasileiras de termos e piadas. Perde-se, porém, a chance de conferir o trabalho de Paul Newman, elogiado pela crítica especializada lá fora, e a ponta do piloto alemão Michael Schumacher, que dubla uma Ferrari quase ao fim do longa.

Download: